Após uma refeição mais gordurosa ou consumo exagerado de álcool é comum que algumas pessoas sintam uma queimação ou até dor no estômago, sensação muitas vezes descrita como estômago em chamas. Normalmente, esse mal-estar é rapidamente associado à gastrite, uma inflamação na mucosa que reveste internamente o órgão.

O problema é que nem sempre esses sintomas são sinal de gastrite. Há casos que podem indicar desde uma má digestão a um refluxo ou até um indício de infarto. Por isso, é importante ficar atento a outros sintomas que possam acompanhar a dor e a queimação, como azia, náusea, gases, vômito e diarreia.

Quer saber o que pode estar causando a sua dor no estômago ou queimação? Acompanhe esse post e fique atento aos sintomas!

5 principais causas da dor e queimação no estômago

Mas antes, é importante alertar que apenas um diagnóstico médico pode determinar o que realmente possa estar causando o incômodo no seu estômago. Este artigo serve como forma de orientação e não como autoavaliação. Para sintomas persistentes, marque uma consulta médica!

1. Má digestão

Comer em excesso ou ingerir carnes e gorduras, cuja digestão é mais lenta, podem ocasionar dor no estômago e queimação acompanhados de azia, gases e prisão de ventre ou diarreia. A ingestão de líquidos durante as refeições também pode favorecer a má digestão, uma vez que aumenta o volume estomacal e torna o processo digestivo mais lento.

Normalmente, o incômodo passa após algumas horas e tende a diminuir com a ingestão de antiácidos. Consumir alimentos leves e beber bastante líquido também ajuda a melhorar o mal-estar.

2. Refluxo

O retorno do ácido gástrico devido a um mau funcionamento da válvula posicionada entre o estômago e o esôfago pode provocar a dor e queimação estomacal, além de azia, regurgitação do ácido, rouquidão pela manhã, tosse seca, sensação de garganta entalada e mau hálito.

Geralmente, a dor piora após as refeições, principalmente após a ingestão de certos tipos de alimentos como álcool, frituras e cafeína.

cta_marque_uma_consulta

3. Gastrite

Conhecida como a famosa “dor na boca do estômago”, a gastrite é uma inflamação que pode causar também náusea, estufamento e gases em excesso. A gastrite também pode ser desencadeada pelo consumo excessivo de frituras, álcool ou cafeína, por isso é sempre importante consultar um Gastro para avaliar o que pode ser a causa do incômodo. Há ainda a possibilidade de a inflamação ser causada por uma bactéria como a H. Pylori ou por uma gastroenterite viral ou bacteriana.

Se a gastrite atingir as camadas mais profundas do tecido, pode provocar uma úlcera péptica, o que torna a dor ainda mais intensa, havendo ainda o risco de sangramento ou até a perfuração do órgão.

4. Pancreatite aguda

Outro órgão importante na digestão alimentar e localizado no abdômen é o pâncreas. Havendo uma inflamação desse órgão, também conhecida como pancreatite, é possível que o paciente também sinta uma forte dor no estômago, que muitas vezes irradia para as costas e pode causar vômitos e prisão de ventre.

Alguns fatores como o consumo de álcool em excesso, tabagismo, fibrose cística e uso de certos medicamentos podem contribuir para o surgimento da pancreatite.

5. Problemas cardíacos

Problemas cardíacos, como um infarto, podem causar dor no estômago e uma sensação de queimação. Muitas vezes a dor é intensa e não desaparece rapidamente, irradiando para o braço esquerdo, acompanhada de náuseas, vômitos, suor frio ou falta de ar.

Pessoas com alterações cardíacas, hipertensão, obesidade ou diabetes pertencem ao grupo de risco e devem fazer um check-up, pelo menos, uma vez ao ano.

Se o paciente for socorrido prontamente, é possível minimizar os danos e salvar sua vida. Por isso, em caso de suspeita de um infarto, é importante procurar atendimento médico rapidamente.

Como acabar com a dor no estômago e a queimação?

Seja por conta dos maus-hábitos alimentares ou por uma inflamação, em casos frequentes de dor e queimação no estômago é fundamental consultar um Médico Gastro em Jaú para investigar as causas e medicar os sintomas.

Somente um Especialista poderá avaliar as reais causas do incômodo e indicar o melhor tratamento. Por isso, procure uma clínica médica de confiança e agende uma consulta!

Conhece alguém que sofre de dor de estômago ou queimação no estômago? Compartilhe esse conteúdo com ele e ajude-o a acabar com esse mal-estar!

Até a próxima!
Equipe Médica Rede VIK

 

Whatsapp
Olá 👋
Podemos te ajudar?