Não tem como falar de Outubro sem mencionar as ações do Outubro Rosa. O movimento que acontece no mundo todo busca prevenir e detectar precocemente o Câncer de Mama. Mas você conhece bem essa doença?

O Câncer de Mama é caracterizado pelo aparecimento de um tumor maligno causado pela multiplicação descontrolada de células da mama, causando o crescimento anormal delas no ducto e nos glóbulos mamários. Seu desenvolvimento pode ser diferente em cada caso, possuindo 4 estágios de evolução.

Esse tipo de câncer é o segundo mais comum entre mulheres no mundo e no Brasil, correspondendo acerca de 25% de casos todo ano. Ele acomete mais de 2 milhões de mulheres ao redor do globo, sendo estimado no ano passado (2018), 59.700 casos no Brasil, segundo o Instituto Nacional de Câncer (INCA).

A detecção do Câncer de Mama é feita de diversas maneiras. A realização do autoexame é uma delas. Ele pode ser realizado pela própria mulher a partir dos 20 anos, mensalmente, 5 dias depois da menstruação. Esse método é muito importante, pois, segundo pesquisas, cerca de 80% dos casos são descobertos pelas próprias mulheres.

cta_marque_uma_consulta

No entanto, é essencial lembrar que o autoexame não exclui a necessidade da visita anual ao seu Ginecologista, pois além de exames, ele é o profissional ideal para te orientar sobre o assunto. Para saber mais sobre a doença e sobre os melhores Ginecologistas em Jaú continue lendo esse artigo.

Fatores de Riscos do Câncer de Mama

Entre os maiores riscos para doença estão:

Idade

Segundo a Sociedade Brasileira de Mastologia, 1 em cada 12 mulheres terão esse tipo de câncer até os 90 anos. Isso se explica devido à incidência do tumor na mama ser muito pequena abaixo dos 35 anos, mas tende a crescer a partir dos 50 anos.

Fatores genéticos e hereditários

Aqui entram as mulheres com casos de Câncer de Mama na família, histórico desse tipo de tumor em homens, histórico de câncer de ovário e mutações em genes transmitidos na família, principalmente o BRCA1 E BRCA2.

Fatores hormonais e reprodutivos

Nesse caso a maior relação da doença está na produção de hormônios, como o estrógeno, que propicia a proliferação desordenada das células e a produção de um tumor. Por isso, menstruação precoce, menopausa e gravidez tardia, uso de contraceptivos e reposição hormonal podem facilitar o desenvolvimento do câncer.

Fatores comportamentais e ambientais

Aqui se incluem obesidade e sobrepeso, especialmente após a menopausa; sedentarismo, consumo de bebida alcoólica, tabagismo e exposição a substâncias como agrotóxicos, campos magnéticos e radiação ionizante, como o raio-x.

Sinais e sintomas

O Câncer de Mama pode ser notado desde fases muito iniciais, na maioria dos casos, por meio dos principais sinais e sintomas:

  • O mais comum é o aparecimento de um nódulo indolor e endurecido na mama, mas é importante saber que, em estágios mais avançados, ele pode provocar dor;
  • Inversão do mamilo;
  • Vermelhidão;
  • Secreção;
  • Irritação ou irregularidades na pele, semelhante à casca de laranja;
  • Caroço na axila.

Prevenção

Não existe uma prevenção 100% garantida quanto ao Câncer de Mama, já que fatores hereditários podem influenciar no surgimento do tumor. No entanto, de acordo com a Sociedade Brasileira de Mastologia, medidas simples e hábitos diários podem ser fundamentais no combate da doença.

Deve-se, portanto, investir em combater fatores de riscos, como os comportamentais. Através de uma alimentação saudável e da prática de exercícios, você pode controlar seu peso, diminuir o estresse e melhorar a saúde como um todo. Evitar fumar e a não ingestão de bebidas alcoólicas também podem contribuir na prevenção do Câncer de Mama. Com esses simples hábitos, é possível diminuir em até 28% a incidência do tumor.

Já como fator protetor, temos a amamentação que estimula as glândulas mamárias e diminui a quantidade de estrógeno no organismo, diminuindo em até 5% a chance de desenvolver a doença. Outra medida de prevenção muito importante, é a realização da mamografia, recomendada para ser feita anualmente a partir dos 40 anos.

Outubro Rosa

O Outubro Rosa se tornou um movimento global que teve seu início nos anos 90 em Nova York, com a corrida promovida pela Fundação Susan G. Komen For The Cure para arrecadar dinheiro e alertar as pessoas sobre o Câncer de Mama. Com o passar dos anos, a iniciativa foi adotada também por outros países e a cor virou símbolo do movimento.

A conscientização promovida nesse mês é essencial para mulheres em estado de vulnerabilidade reconhecerem os fatores de riscos, sintomas, meios para detecção precoce e formas de se cuidar.

Ginecologia em Jaú

As medidas preventivas são a maior arma contra o Câncer de Mama e o segmento que propõe ações e cuidados para o caso é a Ginecologia. Aqui na Rede VIK trazemos o melhor grupo de profissionais Ginecologistas de Jaú, com os quais você tem acesso a consultas e exames que podem ser a chave para o combate ou a cura da sua doença. Agende uma consulta e garanta a sua saúde!

Tem alguma dúvida sobre o Câncer de Mama ou quer saber mais sobre algum outro assunto da área médica? Comenta aqui com a gente! E lhe responderemos o mais breve possível!

Até breve!
Equipe Médica Rede VIK

 

Whatsapp
Olá 👋
Podemos te ajudar?