Especialidades

Dermatologia

A dermatologia é a área médica responsável pelo estudo, prevenção, diagnóstico e tratamento de doenças que podem acometer a pele, pelo, mucosas, cabelo e unhas.

O médico dermatologista é responsável também por orientar sobre cuidados gerais com o corpo e solucionar problemas estéticos.

A especialidade atua ainda em procedimentos médicos estéticos, cirúrgicos e oncológicos.

Conheça algumas doenças tratadas pelo especialista:

Acne

A acne é caracterizada pela inflamação das glândulas sebáceas, provocando o aparecimento de cravos, espinhas, cistos, caroços e cicatrizes. O problema atinge cerca de 90% da população adolescente e 50% da população adulta.

O problema possui diferentes níveis de gravidade e conta com fator hereditário, de modo que filhos de pai e mãe que tiveram acne, apresentam maior chance de desenvolver o problema. 

Rosto, peito e costas são os locais mais afetados.

Câncer de Pele

Cada vez mais frequente entre a população, o câncer de pele é causado principalmente pela alta exposição aos raios ultravioleta. O problema atinge em sua maioria, pessoas com idade superior a 40 anos e é considerado raro em crianças.

Existem dois tipos de classificação para o câncer de pele: melanoma e não melanoma.

O câncer de pele melanoma é considerado o tipo mais grave da doença, principalmente pela possibilidade de metástase, esse tipo de câncer de pele pode aparecer em qualquer parte do corpo. Caso seja detectado em fase inicial, possui bom prognóstico.

Mais comum no Brasil, o câncer de pele não melanoma, quando detectado precocemente possui alta chance de cura, sendo o tumor de pele com menor taxa de mortalidade. Quando não tratado de maneira adequada, o tumor deixa sequelas.

Manchas que causam coceira, descamam e sangram; sinais ou pintas que mudam de tamanho, cor e forma e feridas que não cicatrizam, podem ser sintomas de ambos os tipos de câncer. 

Verrugas

As verrugas são causadas devido a proliferação de algum tipo do vírus HPV (Papilomavírus Humano) pelo corpo. O problema geralmente desaparece por conta própria, mas existem casos em que o médico pode prescrever um medicamento para acelerar o processo e anular a infecção de outras regiões do corpo.

O contágio pode ocorrer por contato direto com pessoas e objetos infectados, relações sexuais e por via materno-fetal no momento do parto.

Caso o indivíduo esteja com a imunidade afetada (baixa), o quadro torna-se persistente e não desaparece sozinho. Essa ocorrência pode sinalizar a existência de alguma outra doença ou uso de medicamento que afeta a imunidade.

As doenças de pele, quando detectadas precocemente e tratadas de maneira adequada, resultam em sua maioria em um tratamento bem sucedido.

Ao sinal de qualquer irregularidade, ou se sentir necessidade de se consultar com um médico dermatologista em Jaú, agende uma consulta na Rede VIK.

Open chat