Endocrinologista
Infantil e Adulto


O Médico Endocrinologista cuida das funções e disfunções hormonais e das doenças que as disfunções causam. Os hormônios são substâncias químicas que equilibram todo o organismo, são produzidas nas glândulas e introduzidos na corrente sanguínea. Temos vários tipos de hormônios, entre eles insulina, hormônio tiroidiano e cortisol que controlam os órgãos e as células do corpo e se estiverem desregulados podem causar problemas nos mais diversos sistemas do organismo.

Já a Endocrinologia Infantil ou Endocrinologia Pediátrica trata das disfunções hormonais, metabólicas e nutricionais desde o nascimento até o fim da adolescência. O crescimento e desenvolvimento dos indivíduos acontece em fases da vida, assim o nascer, crescer, amadurecer e envelhecer são processos que acontecem em determinados períodos da vida. Quando a ação dos hormônios antecipa ou retarda esses processos, o Endocrinologista Infantil deve ser consultado a fim de identificar as causas, solicitar exames e diagnosticar o problema.

Conheça um pouco das várias doenças que os hormônios desregulados originam:

Puberdade precoce

A puberdade é o período em que ocorre a transição da infância para a adolescência. Nessa fase acontecem mudanças biológicas e comportamentais. O início da adolescência depende de cada criança, porém é mais comum entre os 10 e 13 anos de idade. Quando acontece em meninas antes dos 8 anos e nos meninos em idade inferior aos 9 anos é caracterizada como puberdade precoce. Os sinais da puberdade precoce incluem o aumento das mamas, aparecimento de pelos nos órgãos genitais e nas axilas, espinhas, acne, o comportamento tende a ser mais agressivo. Os meninos têm alteração do timbre de voz, ficando uma ainda indefinida variando aguda e grave. Deve ser realizado tratamento, pois a criança que não está na fase da adolescência, mas que adquire características da puberdade, tem prejuízo em relação ao seu desenvolvimento psicológico. Por si só, a puberdade é uma fase conflitante e marcada por extremas mudanças, antecipar esse processo é encurtar a infância de qualquer criança.

Doenças da Tireoide

A glândula Tireoide está localizada no pescoço, tem formato de uma borboleta. Ela é produtora dos hormônios triidotironina (T3) e tiroxina (T4), cuja missão é cuidar do metabolismo do corpo. As patologias da tireoide são mais frequentes nas pessoas do sexo feminino e pessoas idosas.

O hipertireoidismo é a produção em grande escala de hormônios, o que ultrapassa os níveis necessários para o funcionamento adequado do organismo. Pacientes com hipertireoidismo emagrecem demais, sentem fadiga, ansiedade, irritabilidade, nervosismo, insônia, tremor e tantos outros sintomas.

O hipotireoidismo é produção insuficiente de hormônios. Essa baixa produção é a razão de alguns tipos de depressão, unhas fracas, queda de cabelo, pele seca, intolerância ao frio, constipação intestinal etc.

Diabetes

É o aumento dos minerais de glicose, ocorre por defeito na fabricação ou na ação da insulina, causando a hiperglicemia, ou seja, a elevação de glicose no sangue e todas as suas complicações em órgãos alvos (rins, olhos, nervos).

De acordo com o Atlas Mundial do Diabetes 2017, da Internacional Diabetes Federation (IDF), 425 milhões de adultos têm diabetes, ou seja, de cada 11 pessoas, uma tem diabetes. Desses, a metade permanece sem diagnóstico já que o diabetes é uma doença silenciosa. Mais de um milhão de crianças e adolescentes têm diabetes do tipo 1. Só no Brasil são mais de 12 milhões de diabéticos.

Classificação do Diabetes

Diabetes tipo 1

Os anticorpos do próprio corpo agem contra as células, destruindo as células beta, resultando em ausência de insulina. Esse tipo de diabetes é mais comum em crianças e jovens, mas pode afetar pessoas adultas. Essas pessoas apresentam perda de peso.

Nas crianças essa é diabetes mais frequente. Os sintomas incluem visão embaçada, cansaço, perda de peso, aumento da quantidade de vezes que a criança deseja urinar e fome em excesso.

Diabetes tipo 2

Há resistência da ação da insulina, geralmente devido ao excesso de peso ou acumulo de gordura abdominal, o que eleva a produção desse hormônio. Os adultos a partir dos 50 anos de idade devem ficar atentos já que muitas vezes essa doença não apresenta sintomas e é descoberta apenas após exame de sangue ou pela glicemia capilar.

Diabetes Gestacional

Pode ocorrer em grávidas devido aos hormônios produzidos pela placenta, seu diagnóstico é possível a partir do terceiro trimestre da gestação. Ela pode permanecer após a gestação ou não.

Crescimento

Outro problema tratado pela endocrinologia é relacionado ao crescimento, tanto o crescimento excessivo (gigantismo) quanto a baixa estatura que podem ocorrer em função de alterações hormonais, nutricionais ou genéticas.

Após a menopausa, em alguns casos, é necessário realizar a reposição hormonal por meio de medicamentos que auxiliam na diminuição dos efeitos ocasionados pela falta dos hormônios femininos. O homem também passa por uma fase da vida parecida, chamada andropausa, ocorre devido a redução da testosterona e faz parte do processo de envelhecimento. Os homens podem sentir cansaço, perda de energia, ter humor alterado etc.

Sabe-se hoje que a obesidade está relacionada a mais de 60 doenças, entre doenças metabólicas e oncológicas. Sendo assim é de extrema importância investigar a causa da obesidade e prevenir suas complicações.

Se estiver algum desses sintomas citados acima não espere se prolongarem, procure um Endocrinólogo. Você já sabe que nosso Médico Endocrinologista em Jaú está disponível para atendê-lo, correto? Sendo assim, marque sua consulta pelo telefone (14) 3416.3030.

Estamos te aguardando!

Até breve,
Equipe Médica Rede VIK | Saúde Familiar

Marque sua Consulta